POLITICA de Navegação com Cookies

Ao navegar nesse sitem voce aceita que coletemos seus dados de Navegação para armazenarmos em cookies que usamos para melhorar sua Experiência de Navegação seus dados serão armazenados apenas no momento da sua Navegação na Pagina e não serão usados para nenhum outro fim, ao sair do site seus dados serão eliminados.

Aceito
#PraCegoVer: Cachorro dentro da casa e com aparência de desnutrição, muito magr - Foto: Divulgação / PMC
#PraCegoVer: Vasilha de água suja e pote sem comida para o animal expostos no chão da residência - Foto: Divulgação / PMC

Caraguatatuba

Em menos de uma semana, CCZ de Caraguatatuba e Polícia Ambiental resgatam outro animal com maus-tratos

Por: Redação
May 12, 2022, 9 a.m.

 

O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) e a Polícia Militar Ambiental resgataram na terça-feira (10), um cão em situação de maus-tratos, em uma residência no bairro Rio do Ouro. Já é o segundo caso em menos de uma semana.
Através de denúncia, os policiais chegaram ao local e constataram que o imóvel estava fechado e abandonado. O animal estava em situação de desnutrição e debilitado, preso em espaço inapropriado, sem higiene, água e alimentação. Também possuía lesões e sem força para se locomover.
O fiscal de saúde pública do Centro de Contole de Zoonoses (CCZ) elaborou o auto de infração municipal para o proprietário, que estava ausente, mas foi identificado e apreendeu o animal, que será avaliado e medicado para, posteriormente, ser encaminhado à adoção.
A Polícia Ambiental registrou o auto de infração ambiental com multa no valor de R$ 3 mil e a ocorrência foi apresentada na Delegacia de Polícia de Caraguatatuba para providências.
Este ano, o CCZ recebeu 430 denúncias envolvendo animais, que resultou na apreensão de 12 cães, além de 12 animais de grande porte, sendo uma vaca, sete bezerros, dois búfalos, um cavalo e um suíno. As ações contam com apoio da Polícia Ambiental, Corpo de Bombeiros e Polícia Civil.
Denúncias de maus-tratos de animais podem ser feitas pelo telefone (12) 3886-2200 – Polícia Militar Ambiental ou pela Central 156.

Fonte: Prefeitura de Ilhabela