POLITICA de Navegação com Cookies

Ao navegar nesse sitem voce aceita que coletemos seus dados de Navegação para armazenarmos em cookies que usamos para melhorar sua Experiência de Navegação seus dados serão armazenados apenas no momento da sua Navegação na Pagina e não serão usados para nenhum outro fim, ao sair do site seus dados serão eliminados.

Aceito
- Foto: Divulgação

Direitos da criança e do adolescente

Melhorias na gestão e reformas do espaço são destaques da Fundac em 2021

Ano também foi marcado pela retomada de oficinas presenciais

Por: Redação
Jan. 11, 2022, 8 a.m.

 

Implantar projetos, programas e serviços de proteção especial e socioeducativos a crianças e adolescentes que tenham seus direitos ameaçados ou violados, juntamente com seus familiares, é o objetivo principal da Fundação da Criança e do Adolescente de Ubatuba (Fundac).
Suas atividades priorizam programas que buscam a integração social das crianças e adolescentes acompanhados, bem como a construção, resgate ou reconstrução de sua cidadania e autoestima. Elas incluem o acolhimento institucional e a realização de oficinas esportivas e outros programas educativos como parte do serviço de convivência e fortalecimento de vínculos (SFCV).
Ao longo de 2021, aconteceram muitas ações no âmbito administrativo, como a aquisição de equipamentos de informática, a elaboração e inscrição de projetos, a mudança do sistema de gestão de recursos humanos, a capacitação e a adequação do serviço de convivência e fortalecimento de vínculos e oficinas socioeducativas. Também foram realizadas a adequação e ampliação do Espaço de Convivência, com construção de mezanino na parte superior do espaço, e foi iniciada a reforma e adequação do prédio destinado ao acolhimento.
Devido à pandemia de Covid-19, as oficinas socioeducativas de xadrez, violão, teatro, capoeira, jiu-jitsu e taekwondo foram mantidas na modalidade virtual até julho de 2021. Logo após uma certa flexibilização, passaram a ser semi-presenciais e, em setembro, já com a vacinação em estado avançado, retornaram à modalidade presencial. As oficinas foram realizas no Espaço de Convivência, na Sede Administrativa e, de forma descentralizada, nas escolas municipais Mario Covas, no Ipiranguinha, e Marina Salete, no Perequê-Açu.
Para 2022, as metas incluem: a aquisição de veículo novo; a ampliação e descentralização das oficinas com ampliação da oferta de vagas; a construção de uma nova sede administrativa e o término das adequações nas duas unidades prediais para o serviço de acolhimento, com a manutenção de ambas em estado adequado para uso.

Fonte: Secretaria de Comunicação / PMU