POLITICA de Navegação com Cookies

Ao navegar nesse sitem voce aceita que coletemos seus dados de Navegação para armazenarmos em cookies que usamos para melhorar sua Experiência de Navegação seus dados serão armazenados apenas no momento da sua Navegação na Pagina e não serão usados para nenhum outro fim, ao sair do site seus dados serão eliminados.

Aceito
- Foto: Divulgação

Síndrome gripal

Unidades de saúde atendem 1.178 casos de síndrome gripal no fim de semana

A partir desta segunda-feira, os postos de saúde atenderão casos de síndrome gripal

Por: Redação
Jan. 10, 2022, 8 a.m.

 

Somente no último sábado e domingo, dias 8 e 9, um total de 1.178 pessoas buscaram por atendimento de síndrome gripal na Santa Casa de Ubatuba e nos Prontos Atendimentos da Maranduba e do Ipiranguinha. O surto de gripe que se espalhou pelo país tem aumentado consideravelmente o número de atendimentos nas unidades de saúde do município.
Como medida de prevenção, a partir desta segunda-feira, todos os postos de saúde de Ubatuba atenderão das 13h às 17h, com funcionamento de segunda a sexta-feira, os moradores que apresentarem sintomas leves de gripe ou resfriado. A secretária adjunta de Saúde, Tatiana Mansur, explica que quem mora em Ubatuba pode dirigir-se ao postinho mais próximo de sua residência e que os turistas devem, preferencialmente, procurar os PAs e a Santa Casa.  
Como os sintomas de gripe e Covid-19 são muito parecidos, a secretária informa que a equipe médica avaliará todas as situações e que os casos suspeitos de Covid serão notificados e encaminhados para a realização de exames de comprovação, de acordo com o protocolo estadual vigente.  
Com a expansão dos atendimentos, o posto de retaguarda instalado no Centro de Especialidades Médicas, o Postão, foi desativado. A nova medida de expandir os atendimentos de síndrome gripal prevê mais agilidade nas consultas, sem que o paciente tenha que se locomover em grandes distâncias.
A Secretaria de Saúde reafirma a necessidade de manter o distanciamento social, usar máscara de proteção e higienizar corretamente as mãos para a prevenção da gripe e da Covid-19.

Fonte: Secretaria de Comunicação / PMU