- Foto: Divulgação / PMC

Caraguatatuba

Banco de Leite Humano de Caraguatatuba adere em campanha da Fiocruz para aumentar estoques e número de doadoras

Por: Redação
April 28, 2021, 7 a.m.

 

Diversos setores sentiram, e ainda sentem, os efeitos causados pela pandemia do coronavírus (Covid-19), principalmente aqueles que têm a função de cuidar e administrar a saúde pública.
É o caso do Banco de Leite Humano (BLH) de Caraguatatuba que viu, ao longo dos meses, os seus estoques ficarem cada vez mais baixos por falta de doadoras.
Segundo dados levantados pelo BLH, atualmente, a unidade tem apenas 14 doadoras ativas. A situação preocupa a equipe responsável, porque sem o apoio dessas mulheres não há como manter os estoques de leite materno.
Por isso, pensando em minimizar o problema, o BLH de Caraguatatuba aderiu à campanha, organizada e pensada pela Fiocruz, “Doação de Leite Humano: a pandemia trouxe mudanças, a sua doação traz esperança”.
O objetivo é alcançar o maior número de doadoras possível para continuar fornecendo leite materno pasteurizado aos recém-nascidos internados na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) Neonatal da Casa de Saúde Stella Maris e às mães com dificuldade na amamentação.
A campanha é uma ação idealizada para enfatizar o Dia Internacional de Doação de Leite Humano que é comemorado no dia 19 de maio.
Segundo a coordenadora do BLH, e enfermeira pediátrica e obstétrica, Ana Claudia Tripac, “a doação de leite é muito importante, principalmente, para manter a alimentação dos prematuros que estão na maternidade e na UTI Neo da Santa Casa, além dos que estão Casa de Acolhimento que necessitem de leite materno”.
Em outros casos o BLH fornece leite para prematuros que estão em alta, mas que estão com baixo ganho de peso, seguindo a prescrição médica.
Ainda de acordo com a enfermeira, “essas crianças têm muito risco de infecção e de vir a óbito, e o leite materno tem células imunoglobulinas que auxiliam na proteção de doenças que são riscos para os prematuros na UTI”.
Ela reforça que a doação ”faz com que os prematuros atinjam uma saúde adequada por conseguir alta e, também, para o seu próprio desenvolvimento”.
As mulheres interessadas em doar já podem procurar à unidade do BLH, que está localizada dentro do prédio do Centro de Referência da Mulher (Pró-Mulher), no Sumaré, das 7h30 às 16h30, ou entrar em contato pelo telefone: 3897-3510.

Fonte: Prefeitura Municipal de Caraguatatuba