Emprego formal

Ubatuba é a segunda cidade do litoral norte com mais perdas de empregos em junho

Desde o início do ano, o Litoral Norte perdeu 5.407 vagas. O pior desempenho do ano é de Ubatuba, que fechou 2.074 vagas, seguido por Caraguatatuba com 1.665 e Ilhabela com o fechamento de 1.050 vagas.

Por: Redação
Aug. 1, 2020, 7 a.m.

 

Dados divulgados pelo CAGED (Cadastro Geral de Empregos e Desempregos), ligado ao Ministério da Economia, apontam que as quatro cidades do Litoral Norte tiveram um saldo negativo de 271 vagas de emprego em junho, o que representa um acréscimo de 7% em relação ao mês anterior. São Sebastião foi a única que teve um saldo positivo, com a criação de 14 vagas no mês. O acumulado do ano é de um fechamento de 5.407 vagas.

Nas cidades da região houve 989 admissões, mas 1.260 pessoas foram demitidas, o que gerou um saldo negativo em junho de 271 vagas, contra 788 vagas no mês anterior.

O melhor desempenho no mês foi de São Sebastião, a única que apresentou saldo positivo, com criação de 375 vagas e 361 demissões.

O pior desempenho do mês foi de Caraguatatuba, que fechou 146 vagas de emprego. Foram 345 demissões e 491 demissões.

Ubatuba é a segunda cidade com maior perda de empregos. Foram 204 contratações e 313 dispensas, com um saldo negativo de 109 vagas.

Ilhabela teve 65 admissões e 95 demissões, o que representa 30 empregos a menos em junho.

No acumulado do ano, o Litoral Norte perdeu 5.407 vagas. O pior desempenho do ano é de Ubatuba, que fechou 2.074 vagas, seguido por Caraguatatuba com 1.665 e Ilhabela com o fechamento de 1.050 vagas.  A cidade que teve o fechamento do menor número de vagas foi São Sebastião, com menos 618 empregos.

 

Confira o quadro geral do mês de junho: