- Foto: Divulgação
- Foto: Divulgação

Habitação

Moradores recebem chaves de apartamentos do CDHU Ubatuba G

146 famílias já podem iniciar suas mudanças para o empreendimento

Por: Redação
July 17, 2020, 7 a.m.

 

O prefeito de Ubatuba, Délcio Sato, recebeu na quinta-feira 16, Eduardo Velucci, coordenador da UGP Serra do Mar e Litoral Sustentável e assessor da presidência da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo (CDHU), para a cerimônia de entrega simbólica de 146 moradias CDHU do empreendimento Ubatuba G, localizado no bairro Marafunda, na rodovia Oswaldo Cruz.
O empreendimento Ubatuba G possui 376 unidades habitacionais, destinadas ao reassentamento de famílias residentes na Zona de Amortecimento do Parque, em área de preservação ambiental e de risco em núcleos situados no parque estadual da Serra do Mar, na região Norte do município, assim como na Sesmaria, Cachoeira dos Macacos e Vale do Sol. Também são levados em conta outros critérios como, por exemplo, o perfil de renda. O trabalho de cadastramento e análise foi feito pela Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo (CDHU), em parceria com as secretarias de Assistência Social e de Habitação e a Defesa Civil.
Até o momento, 146 famílias foram habilitadas para essa entrega parcial. Todas assinaram seus contratos ao longo desta semana. Devido à pandemia, representantes de apenas 11 famílias participaram da cerimônia simbólica de assinatura dos contratos. Todas as regras de distância mínima e higienização dos materiais utilizados foram mantidas.
"Para o Governo do Estado, é um momento de muito orgulho e um trabalho de muita responsabilidade. O projeto faz parte de um programa chamado Programa de Recuperação Socioambiental da Serra do Mar – com recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) – e que existe há quase 10 anos no estado. Estamos tirando as famílias de áreas de risco e de preservação, que se encontram em vulnerabilidade, e devolvendo a dignidade com a casa própria", comemorou Velucci. O conjunto faz parte do Programa de Recuperação Socioambiental da Serra do Mar. A CDHU está investindo R$ 93,8 milhões no empreendimento, sendo R$ 36,4 milhões só nesta etapa.
“Estamos preservando nosso meio ambiente, tirando famílias da área de risco, além de preservar vidas, promover a preservação ambiental, contribuir com a regularização fundiária e, por fim, avançando na questão social/ habitacional, em que as pessoas vão realizar o sonho da casa própria. É o maior empreendimento do Litoral Norte com toda a estrutura necessária para acomodar as famílias que receberam a chave hoje”, garantiu Sato.

Infra-estrutura
O empreendimento conta com um total de 24 torres, divididas em quatro condomínios independentes. Todos têm salão de festas, playground, academia ao ar livre, área de jogos, bancos, paisagismo completo com grama e jardins, estacionamento interno e externo, postes com iluminação, saneamento e portaria exclusiva. Há, ainda, três ruas urbanizadas com pavimentação, arborização, iluminação, além de uma área externa que poderá ser adaptada pela Prefeitura para área de lazer com praça, quadra, campo etc.
Os apartamentos são de um dormitório, com 38 metros quadrados de área, ou de dois dormitórios, com 47 metros quadrados. Todos os condomínios têm gás encanado. Em cada condomínio, apenas um apartamento por bloco tem um quarto; todos os demais possuem dois dormitórios. Do total de unidades, 12 foram construídas com acessibilidade e totalmente adaptadas para portadores de necessidades especiais.

Fonte: Secretaria de Comunicação / PMU