- Foto: Divulgação

Educação

Nós acreditamos!

Por: Rogério Athayde
June 27, 2020, 7 a.m.

 

A história ensina lições. Muitas lições. Algumas delas foram duras demais para nossos antepassados, causaram sofrimentos, angústias e incertezas demais, alteraram os tempos, mudaram as vidas. Eles precisaram ter mais coragem que o normal, mais inteligência, mais força, mais firmeza, mais cooperação do que o normal. Mais do que as épocas de brandura costumam cobrar. Nossos antepassados venceram muitos desafios, acreditaram que o mundo poderia ser melhor. E lutaram por isso. Por nossa causa. Eles acreditaram.

Hoje nós precisamos acreditar. Com coragem e valentia, precisamos acreditar. Acreditar no diálogo que fabrica soluções, na democracia que permite o diálogo, na inteligência que possibilita o estado democrático e a liberdade. Acreditar na ciência que constrói os tempos, no conhecimento que produz vida, na arte que refaz o mundo. Acreditar em cada um e em todos nós, porque nunca andamos sozinhos. Hoje nós precisamos acreditar.

É por isso que acreditamos na educação. A educação nos reúne. A educação nos humaniza. A educação nos transforma. A educação nos aprimora.

É por isso que acreditamos na escola. Por isso acreditamos nos alunos, nos professores, nos funcionários, nos diretores, nos pedagogos, nas famílias, nos amigos. Por isso acreditamos que a escola é um compromisso de fé na humanidade, fé na sociedade, fé e esperança em dias melhores.

Nós acreditamos! Precisamos acreditar! Porque nossos antepassados acreditaram em nós e nós precisamos acreditar naqueles que ainda virão. Porque nós precisamos acreditar no tempo que temos e em nossa capacidade de criar, com o melhor de nossos talentos.

A história ensina lições. Muitas lições. E a maior delas, talvez, é ter esperança. Por isso nós acreditamos na escola. Porque acreditamos em um mundo melhor. Porque acreditamos que somos capazes de construí-lo. Porque queremos viver nele. Porque acreditamos que nossos herdeiros terão orgulho do que estamos fazendo hoje. Por isso.

Nós acreditamos

 

Rogério Athayde é escritor, professor e autor de história do Sistema de Ensino pH e palestrante de temas referentes à África, religião afrodescendente, preconceito racial e intolerância religiosa. Athayde é doutorando do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social (PPGAS) do Museu Nacional, mestre em Literaturas Africanas de Língua Portuguesa e graduado em História, todos pela UFRJ.