- Foto: Divulgação / PMI

Ilhabela

Prefeitura de Ilhabela cancela aluguel de R$ 1,5 milhão em cabines de higienização

Por: Redação
June 13, 2020, 7 a.m.

 

Após repercussão negativa, a Prefeitura de Ilhabela cancelou o aluguel de sete cabines sanitárias pelo valor total de R$ 1.502.358,03. A licitação foi vencida pela mesma empresa que forneceu duas cabines, gratuitamente, para a Prefeitura de São Sebastião.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária não reconhece a efetividade de túneis ou cabines de desinfecção contra o novo coronavírus (Covid-19).

Em nota oficial, a Prefeitura informou que o procedimento foi cancelado em função da flexibilização da quarentena proposta pelo governo do Estado de São Paulo, com anúncio da retomada do funcionamento do comércio.

Ainda de acordo com a prefeitura, isso ocorreu, também, devido à frequente necessidade de análise e reestruturação do planejamento das ações de enfrentamento à pandemia. “Portanto, o processo de contratação, defendido por parte da população, foi suspenso e não faz parte das medidas efetivas atuais do município”, conclui a nota.

A licitação foi vencida pela empresa Neobrax para fornecimento de serviços e locação de cabines sanitárias, incluído produtos sanitizantes, promotores, contador digital, vigilantes e seguro por danos, furto, vandalismo e acidentes.

Conforme a empresa, fabricante dos sais da clorexidina usado em São Sebastião, a substância é um sanitizante e a concentração utilizada na cidade é de 0,2%.

Em relação à funcionalidade da cabine e os produtos usados, a Anvisa esclareceu que não tem produtos saneantes regulamentados para tal uso e que esses equipamentos não são objeto de regulação.