A inscrição ou a atualização de dados deve ser feita pela pessoa que é a responsável legal pela família. - Foto: Divulgação

Fundo Social

Cras realiza atendimento do Cadúnico nos bairros

Secretaria de Assistência Social de Ubatuba promove iniciativa mensal no Horto e na Marafunda

Por: Redação
Nov. 1, 2019, 7 a.m.

 

A partir do mês de novembro, a secretaria de Assistência Social da Prefeitura de Ubatuba realiza um projeto que oferta os serviços do Cadúnico nos bairros, visando aumentar a abrangência do atendimento das famílias do município que não têm acesso ao equipamento.

A iniciativa é viabilizada pelo Centro de Referência de Assistência Social – Cras. Toda a primeira quinta-feira de cada mês, o atendimento acontece no bairro do Horto, sempre no posto de saúde. A primeira ação está prevista para 07 de novembro.

Já toda terceira semana do mês, também às quintas-feiras, o atendimento é no posto de saúde no bairro Marafunda e, em novembro, acontece no dia 21.

Em ambos locais, o serviço estará disponível das 9h às 12h.

 

Mais sobre o Cadúnico

 

O Cadastro Único (Cadúnico) é um instrumento que identifica e caracteriza as famílias de baixa renda, permitindo que o governo conheça melhor a realidade socioeconômica dessa população. Nele são registradas informações como: características da residência, identificação de cada pessoa, escolaridade, situação de trabalho e renda, entre outras.

“Munícipes contemplados pelo Bolsa Família em Ubatuba também devem atualizar seu cadastro único para evitar o bloqueio de seus benefícios. A atualização deve ser feita a cada dois anos e evita que usuários mal-intencionados recebam o benefício sem realmente ter direito. Além disso, é uma forma do Governo Federal atualizar as informações das famílias que recebem o benefício para distribuir melhor a renda”, explicou a secretária adjunta de Assistência Social, Camila Meirelles.

A inscrição ou a atualização de dados deve ser feita pela pessoa que é a responsável legal pela família. Para isso, é necessário comparecer a um dos locais de cadastro levando os seguintes documentos originais (não é necessário cópia):

– Adultos: RG, CPF, carteira de trabalho e comprovante de residência

– Criança e adolescentes: certidão de nascimento ou RG, declaração escolar

A inscrição no Cadastro Único gera o Número de Identificação Social (NIS) permite o acesso a diversos programas como a Tarifa Social de Energia Elétrica, a Carteira do Idoso, o Benefício de Prestação Continuada da Lei Orgânica de Assistência Social (BPC/LOAS). Também é um dos critérios que passa a ser adotado pelo Fundo Social de Solidariedade para a inscrição nos cursos gratuitos oferecidos no Centro de Capacitação Profissional.

Fonte: Secretaria de Comunicação / PMU