Gastronomia

Jaboticaba, a Pérola Negra de outubro

Por: Chef Roberta
Oct. 5, 2019, 7 a.m.

 

Tive uma infância bem diferente da que vemos hoje em dia. Pés no chão batido, muito barro em dia de chuva, grama molhada de orvalho nas manhãs de domingo, brincadeiras em cima das árvores e café da tarde eram frutas que colhia nas diversas árvores frutíferas que haviam na chácara de minha avó, que no mês passado completou 93 anos.

Ahhh e como era bom, gostoso e doce, principalmente nessa época do ano que, o suco era de acerola, o café da tarde era banana e a sobremesa de todas as refeições, jabuticaba direto do pé. Na chácara, os pés de jabuticaba sempre foram fartos, de longe pareciam "pérolas negas" brilhando, aglomeradas, cobrindo os troncos das árvores, como se fossem colares de voltas infinitas. Seu sabor doce sempre me atraiu e com orgulho, esse ano pude apresentar ao meu filho, essa fruta, que vai além da beleza, já que possui muitos benefícios.

A jabuticaba é uma fruta brasileira, da floresta Atlântica que se diferencia de outras porque cresce diretamente no tronco de sua árvore. A fruta pequena e arredondada tem poucas sementes, que são envolvidas por uma polpa. Tanto semente quanto polpa têm diversas propriedades e fazem bem para aqueles que a consomem. É rica em carboidratos, proteínas, vitaminas C e B, ferro, cálcio, fósforo, fibras e antioxidantes. Além disso, apresenta baixos níveis de gordura.

Seus benefícios:

- Promove a saúde óssea: A jabuticaba tem altos níveis de potássio, magnésio e cálcio. Os percentuais desses minerais na fruta são de 129,7 mg, 17,8 mg e 8,4 mg, respectivamente, a cada 100 g ingeridas. As propriedades oferecidas por tais nutrientes são importantes para manter a saúde dos ossos, prevenindo seu enfraquecimento e também o surgimento de doenças degenerativas, como a osteoporose.

- Estimula a cicatrização: Por ser rica em vitamina C (100 g de jabuticaba garantem 36% do valor diário recomendado para esse nutriente), que promove a regeneração celular, um dos benefícios da jabuticaba é estimular a cicatrização da pele, evitando também o surgimento de manchas e rugas. A vitamina C ainda é responsável por estimular a produção de colágeno e elastina, beneficiando a derme com mais firmeza e elasticidade. Além disso tudo, os antioxidantes oferecidos por essa vitamina ajudam a prevenir o envelhecimento precoce dos tecidos.

- Previne o câncer: A jabuticaba é eficiente no combate a doenças como o câncer graças às suas propriedades antioxidantes, que advêm de múltiplas substâncias — além da vitamina C, a fruta oferece também a vitamina B1 (tiamina) e o mineral manganês. A porcentagem da B1 a cada 100 g de jabuticaba é de 0,1 mg (ou 7% do valor diário); já o manganês, que é um potente aliado para varrer processos de envelhecimento celular, tem concentração de 0,3 mg nessa fruta, ou seja, 13% do valor diário recomendado. A jabuticaba também tem compostos como antocianinas, presentes em alimentos das cores vermelhas e arroxeadas. As antocianinas são flavonoides que atuam no nosso organismo combatendo a ação dos radicais livres, que são responsáveis por danos às células e mutações do DNA que podem gerar diferentes tipos de cânceres.

- Auxilia no controle da diabetes: Dos muitos benefícios da jabuticaba, pode-se citar também o auxílio no controle de diabetes. Por meio do rico ambiente fibroso da sua casca (2,3 g de fibras a cada 100 g), especialmente a pectina, a fruta auxilia a criar uma espécie de barreira para o controle da absorção de açúcar e gordura para o sangue. Dessa forma, a fruta é eficaz na diminuição de glicose, sendo benéfica para os diabéticos.

- Regula o intestino: Como comentamos no item anterior, a jabuticaba tem alto teor de fibras. Logo, o consumo regular da fruta, em uma alimentação equilibrada, ajuda a estimular os movimentos regulares e a melhorar o fluxo do intestino. Isso facilita os processos de digestão e a desintoxicação do organismo. Um benefício adicional relacionado a esse cuidado do trato digestivo promovido pelo consumo de jabuticaba é a prevenção da prisão de ventre.

A jabuticaba geralmente é consumida in natura, ainda mais quando está na época de colheita, doce e suculenta. Mas saiba que ela também pode ser usada para fazer sucos, geleias, doces, licores e chás.

E já que o calor vem chegando, que tal duas receitas refrescantes com essa fruta delícia?

 

Suco de jabuticaba

Ingredientes

1 copo de água de coco natural;

20 g de amora (opcional);

40 g de jabuticaba;

1 colher (chá) de capim-santo;

gelo a gosto.

Modo de Preparo

Coloque tudo no liquidificador, exceto o gelo. Bata até ficar homogêneo, adicione os cubos de gelo e pulse até chegar na consistência preferida. Se quiser, pode adoçar a bebida.

Se preferir, você pode coar o suco para servir, no entanto, esse processo tende a reduzir o volume de fibras ingerido.

Picolé de jabuticaba

Ingredientes

½ xícara (chá) de geleia de jabuticaba caseira;

2 copos de iogurte natural sem açúcar.

Modo de Preparo

Misture os dois ingredientes em uma tigela até obter uma textura bem homogênea, transfira o creme de jabuticaba e o iogurte para forminhas de picolé e leve tudo para congelar e sirva geladinho!

Seja qual for o preparo que você escolher fazer na sua casa, lembre-se de que a fruta deve ser completamente utilizada, casca e polpa, para que todos os nutrientes e benefícios sejam aproveitados.

Além disso, ao tomar esse cuidado, você evita o desperdício de alimentos, tornando a sua cozinha ainda mais equilibrada. Por fim, não se esqueça de lavar as jabuticabas muito bem antes do consumo, de modo a evitar contaminações.

Bom apetite!

Escaneie o QR code abaixo para ver mais receitas direto no seu celular, basta abrir sua câmera como se fosse tirar uma foto dessa imagem.