Roberto (marido), Murilo (filho) e Francine Maia - Foto: Divulgação
- Foto: Divulgação
- Foto: Divulgação

Homenagem & Mobilização

Servidores da Saúde do Litoral Norte organizam abaixo-assinado para homenagear Francine Maia, de Ubatuba

Petição já coletou mais de 1.500 assinaturas

Por: Redação
Sept. 21, 2019, 7 a.m.

 

O Sistema Único de Saúde (SUS) perdeu na tarde de segunda-feira, 16 de setembro, uma de suas mais aguerridas defensoras: Francine Maia França, servidora pública concursada na Prefeitura de Ubatuba desde a juventude, e que ocupava atualmente a diretoria da Supervisão de Planejamento em Saúde da secretaria municipal de Saúde.

A partida precoce de Francine, aos 48 anos, mobilizou trabalhadores, gestores e usuários da saúde pública não apenas de Ubatuba, como das demais cidades do Litoral Norte e do Vale do Paraíba, que estiveram presentes em seu velório, realizado na terça, 17, no Ginásio de Esportes Tubão, e enterro.

Como forma de homenagear Francine, os presentes à cerimônia de despedida decidiram impulsionar um abaixo-assinado com o objetivo de que o Hospital Regional do Litoral Norte, que será inaugurado em poucos meses em Caraguatatuba, leve seu nome.

O abaixo-assinado no Avaaz.org foi iniciado por servidores públicos da Saúde do Litoral Norte e, até o início da quinta-feira, 19, mais de 1.500 assinaturas já haviam sido coletadas. Ele pode ser assinado online em: https://bit.ly/2m3Uy3G

 

Biografia

 

Francine Maia França ingressou na Prefeitura de Ubatuba aos 19 anos, em 18 de março de 1991, por meio de concurso, como recreacionista na secretaria de Esportes. Após formar-se em Assistência Social, passou também pelas secretarias de Cidadania e Desenvolvimento Social até se estabelecer definitivamente na secretaria de Saúde.

Francine também presidiu o Sindicato dos Servidores Públicos de Ubatuba (de 1995 a 1997), quando obteve diversas conquistas para a categoria.

Na Saúde, participava desde 2007 como membro efetivo do Colegiado da Câmara Técnica do Litoral Norte, bem como de diversos grupos de trabalho da Diretoria Regional de Saúde (DRSXVII), que abrange 39 municípios do Vale do Paraíba e do Litoral Norte.

Integrante do Conselho Municipal de Saúde (Comus), Francine coordenou recentemente todo o processo da 9ª Conferência Municipal de Saúde, priorizando a participação popular, a garantia de representação dos diferentes segmentos, o trabalho com a equidade e a inserção dos indígenas, respeitando suas características e suas necessidades. Além de oito etapas pré-regionais realizadas de Norte a Sul da cidade, o processo da conferência municipal de Saúde envolveu ainda uma pré-conferência diferenciada voltada para a população indígena.

“Tivemos uma amizade de quase 30 anos e trabalhamos por mais de 15 anos juntas. Vivemos momentos de grandes lutas e de muitas vitórias, a maior parte delas graças ao esforço e competência de Francine”, destaca a secretária de Saúde de Ubatuba, Dilei de Brito Nascimento. “Ela foi um dos pilares da gestão compartilhada. Sua presença era marcante em todas as reuniões, abrilhantada pelo seu conhecimento sobre o SUS”.

“Francine dedicou boa parte de sua vida à defesa da garantia dos direitos da população à saúde em todos seus aspectos, além de ser uma gestora pública comprometida com a melhoria do SUS e sua humanização. Ela sempre se preocupou em atrair recursos, profissionais e infraestrutura para melhorar a saúde de nossa região, a exemplo do programa Saúde em Ação. É uma perda enorme não somente para a Prefeitura como para toda a população. Manifesto meus mais profundos sentimentos a toda sua família e a seus colegas da Saúde neste momento tão doloroso”, destaca o prefeito de Ubatuba, Délcio Sato (PSD).

A secretaria de Comunicação, em parceria com a Saúde, está coletando imagens, histórias e outras mensagens como forma de registrar a trajetória de Francine e apoiar a continuidade de seu trabalho. Materiais podem ser enviados para o email: alessandraoshiro@ubatuba.sp.gov.br.

A missa de 7º dia será realizada no domingo, 22 de setembro, às 20 horas, na Igreja Matriz (Paróquia Exaltação da Santa Cruz), no Centro.

Fonte: Secretaria de Comunicação / PMU